domingo, 27 de fevereiro de 2011

Corinthians 4 x 0 Grêmio/Prudente - Números da partida

Grandes Corinthianos!!!

A vitória foi contra nenhum time expressivo, alias, contra o lanterna do Paulista. Apesar disto o Corinthians demonstrou grande superioridade e extrema eficiência, principalmente no primeiro tempo. Se não fosse o goleiro do Prudente poderíamos ter aplicado uma goleada mais sonora, mas os números não são resumidos apenas aos gols, vejamos:

Estatísticas
Corinthians
Grêmio-SP
Posse de Bola
55%
45%
Escanteios
4
4
Desarmes
16
25
Perdas de Bola
34
33
Faltas Cometidas
18
13
Impedimentos
0
1
Cruzamentos Certos
66%
86%
Lançamentos Certos
26%
27%
Passes Certos
88%
89%
Finalizações Certas
53% (8)
18% (2)

Os destaques individuais foram:
Passes Certos:
1 – Fábio Santos: 55 (90%)
2 - Alessandro: 61 (86%)
3 – Paulinho: 41 (85%)
Desarmes:
Ralf: 2
Wallace: 2
Alessandro: 2
Finalizações em gol:
Liedson: 4
Dentinho: 2
Paulinho: 2

FICHA TÉCNICA
CORINTHIANS 4 X 0 GRÊMIO-SP
Local: Estádio do Pacaembu, em São Paulo (SP)
Data: 26 de fevereiro de 2011, sábado
Horário: 18h30 (de Brasília)
Árbitro: Flávio Rodrigues de Souza
Assistentes: Jumar Nunes Santos e Maurício Helder Luiz Alexandrino
Assistentes adicionais: Cleber Wellington Abade e Thiago Luis Scarascati
Cartões amarelos: Nino, César Santiago e Daniel (Grêmio-SP)
Gols: CORINTHIANS: Fábio Santos, aos 13(Assistência de Paulinho), Liedson, aos 19(Assistência de J.César), e Dentinho, aos 29 minutos do primeiro tempo(Assistência de Morais) ; Liedson, aos 42 minutos do segundo tempo (Assistência de Bruno César)
Público: 18.444 pessoas
Renda: R$ 515.723,50

CORINTHIANS: Júlio César; Alessandro, Wallace, Leandro Castán e Fábio Santos; Ralf, Paulinho, Morais (Cachito Ramírez) e Jorge Henrique (Bruno César); Dentinho (Edno) e Liedson
Técnico: Tite

GRÊMIO-SP: Márcio; Ângelo, Anderson Luís, Nino e Jadílson (Bruno Ribeiro); Alceu (Rai), Daniel, César Santiago, Saldanha e Alex Maranhão; Jandson (Adriano)
Técnico: Fábio Giuntini


Momento do gol de Dentinho antes do gol


Fontes:
 - Rádio Globo/CBN
 - Siga.st
 - Site do Corinthians

PS: Danilo não fez falta - pode imitar R.Carlos e ir pra Rússia ou imitar Ronaldo e se aposentar - prometemos festa!

@bieltorres

quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

Corinthians x Santos, em números

Já falei sobre o clássico, portanto não vou me estender. 

Seguem alguns detalhes do jogo:


Fonte: Placar

@bieltorres

quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011

Clube dos 20, agora com 15, com nome dos 13.

A confusão se dá a partir do nome. Este clube que nunca serviu de nada par o futebol Brasileiro, nem mesmo para sua própria organização de competição (Campeonato Brasileiro 1987) conseguiu manter a decisão de quem foi o campeão factual - Sport. Nem mesmo o nome é coerente, aliás – nada presta!

Nos Países organizados, o futebol é gerido e administrado pelos clubes e não pela federação. A administração é séria e conduzida para evolução pessoal de seus componentes e gestores, desde os árbitros aos servidores em geral, já que é de interesse dos clubes – já que são punidos ou beneficiados como preparo da pirâmide futebolística.

Não sei exatamente se será bom ou ruim o Corinthians sair do clube dos números, mas acredito o futebol Brasileiro precisa de uma mexida e a CBF não é capaz disso. O profissionalismo é a palavra chave disso e a carta de Sanchez ao Fábio Koff deve ter sido engolida a seco. Se for integralmente verdade é apenas uma confirmação que os clubes que ficarem são meros bobos da corte.

O que não pode acontecer é a facilitação de virada de mesa ou tratamento desigual entre grandes e pequenos nos processo de organização. Os times devem ter voto de igual decisão e seus gestores devem ser igualmente respeitados, não temos espaços para mais órgãos corruptos no Brasil, muito menos no futebol, que ainda é acreditado.

Tenho uma dúvida: Se o Corinthians negociar em separado com as emissoras, como haverá transmissão entre um jogo entre Corinthians (Clube dos Desfiliados) x Palmeiras (Clube dos 13)? O que não pode acontecer é a não transmissão do jogo, eu fico como aqui em Recife? Os timinhos daqui são de segunda e quarta divisão?

@bieltorres





terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

Melhor aproveitamento de pontos - Escalação dos Destaques

Time de Melhor Aproveitamento de pontos
Júlio César (60,6%); Alessandro (66,7%),  Wallace (77,8%), Leandro Castán (63,3%) e Marcelo Oliveira (61,9%); Ralf (60,6%), Jucilei (59,3%), Ramírez (66,7%) e Morais (81,0%); Jorge Henrique (59,3%) e Liedson (83,3%)


Demais Jogadores:
Chicão (59,3%), Fábio Santos (58,3%), Dentinho(57,1%), Bruno César (55,6%), Willian (55,6%), Moacir (55,6%), Paulinho (54,2%) e Edno (54,2%)

@bieltorres

domingo, 20 de fevereiro de 2011

Corinthians 3 x 1 Santos - Eles nem viram a cor da bola (Dentinho)

Vencer o Santos é sempre bom. Principalmente quando acontece sempre. As palavras de Dentinho foram motivadoras: “O Santos nem viu a cor da bola”. Espero que nosso time esteja nesta evolução anunciada – agora mais jovem e com um centro avante em forma e aplicado integralmente.
A saída de Jucilei não causou grandes danos ao meio campo, o time se manteve no domínio da partida durante todo o jogo. A partida anunciava seu vencedor a partir do momento em que um dos mais criticados se tornou um dos melhores em campo: Fábio Santos. Ano passado foi o melhor lateral do ano, mesmo assim ficou marcado na derrota contra o Tolima e precisou de mais três jogos para se superar. Assumiu uma cobrança muito difícil de falta e marcou magnificamente (A La Marcelinho), Poderia ter dado a oportunidade da cobrança de pênalti a qualquer outro, mas foi lá e converteu com perfeição. Por mim, o lance mais bonito, lançamento do cão deguarda Ralf, após rotineira roubada de bola e mais um rotineiro gol magistral de Liedson, encobrindo mais uma vez um goleiro santista.
Liedson se distancia da artilharia do time com 5 gols em 4 jogos, tendo eficiência de 125% média por jogo, enquanto o Fábio Santos atrás segue com dois gols e 50% de eficiência média. Segue tabela abaixo:


Média de Gols - Mês: Observem a melhora!

Aproveitamento de Pontos quando estes jogadores estão em campo:



Ficha Técnica 
Local:  Estádio do Pacaembu, em São Paulo (SP) 
Data: 20 de fevereiro de 2011, domingo
Horário: 16 horas (horário de Brasília)
Árbitro: Raphael Claus
Assistentes: Luis Alexandre Nilsen e Márcio Jacob
Assistentes adicionais: Robinson José Andréa de Góes e Vinicius Furlan
Renda: R$ 577.548,50
Público: 21.293 pagantes
Cartões amarelos: Ralf e Wallace (Corinthians); Rodrigo Possebon, Arouca, Danilo, Edu Dracena e Elano (Santos)
Gols: CORINTHIANS: Fábio Santos, aos 23 minutos do primeiro tempo(Falta) e aos 15 minutos do segundo tempo, de pênalti(Assistência de Dentinho); Liedson, aos 40 minutos do segundo tempo (assistência de Ralf)
SANTOS: Elano, aos 41 minutos do segundo tempo
CORINTHIANS: Julio Cesar; Alessandro, Wallace, Leandro Castán e Fábio Santos; Ralf, Paulinho, Morais (Ramirez) e Jorge Henrique; Dentinho (Bruno César) e Liedson
Técnico: Tite

sábado, 19 de fevereiro de 2011

Outra doença Corinthiana: OTITE

Frases provocadas por Tite, direta ou indiretamente que doem nos ouvidos!!!

  • Empate, de novo?!?!
  • Cadê os reforços?
  • Cadê o Bruno César?
  • Danilo é titular?
  • Desmanche no Timão?
  • Ou Joga ou por amor ou joga por Terror!
  • Fábio Santos é nome de avenida?
  • Por que o Liedson não veio antes?
  • Equilíbrio é igual a 0x0?


@bieltorres

quinta-feira, 17 de fevereiro de 2011

Corinthians 2 x 0 Mogi e TOP 10

Apesar do Corinthians ter jogado mal, conseguiu efetivar dois gols de muita eficiência, e mais, pela quarta partida consecutiva não sofremos gols. Graças, principalmente, ao goleiraço J.César. Há pelo menos 1 ano e meio não tínhamos um centro-avante tão oportunista, Liedson fez o que Ronaldo não conseguiu em 2 anos de Corinthians. Pelo menos promete mais eficiência e disso que precisamos.


Artilheiros do Ano:

4 gols - Liedson (3 Partidas)
2 gols - Ramírez (6 Partidas)
1 gol -  Jorge Henrique (8 Partidas)
            Chicão (9 Partidas)
            Paulinho (7 Partidas)
            Dentinho (6 Partidas)
            R.Carlos (4 Partidas)
            Alessandro (6 Partidas)
            Danilo (9 Partidas)





FICHA TÉCNICA
CORINTHIANS 2 X 0 MOGI MIRIM
Local:  Estádio do Pacaembu, em São Paulo (SP)
Data: 17 de fevereiro de 2011, quinta-feira
Horário: 21h50 (de Brasília)
Árbitro: Leandro Brizzio Marinho
Assistentes: Daniel Luis Marques e Gustavo Rodrigues de Oliveira
Assistentes adicionais: Raphael Claus e Claudinei Forati Silva
Público: 7.248 pagantes
Renda: R$ 189.581,00
Cartões amarelos: Jucilei e Liedson (Corinthians); Cleidson e Everton Dias (Mogi Mirim)
Gols: CORINTHIANS: Liedson, aos 27 e aos 41 minutos do segundo tempo (Assistências - João Paulo(Mogi) HAHAHAHAH

CORINTHIANS: Julio Cesar; Alessandro, Chicão (Wallace), Leandro Castán e Marcelo Oliveira; Ralf, Jucilei (Morais), Danilo (Dentinho) e Cachito Ramírez; Jorge Henrique e Liedson
Técnico: Tite

MOGI MIRIM: João Paulo; Niel, Everton Dias, Audálio e Cleidson; Baraka, João Paulo Gomes (Everton Senna), Val e Geovane; Roberto Jacaré (Paulo Isidoro) e Denílson
Técnico: Guto Ferreira

@bieltorres

segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

Números Fenomenais no Coringão!

Alô Alô Corinthianos! 

O Fenômeno fez diferença em campo, nos anos de 2009 e 2010, principalmente (Ver tabela abaixo). É inegável que o peso que carregava em “ser” o Ronaldo já estava fardo demais, as cobranças sempre foram proporcionais ao fenômeno e não ao Ronaldo em fim de carreira. As alegrias foram diminuindo, assim como os títulos, os minutos em campo e principalmente os gols, que por sinal, sem eles não havia Fenômeno.


Ronaldo em campo fazia a diferença. Mesmo que não houvesse gols e assistências, de alguma maneira conduzia o jogo de maneira diferente – gerava marcações diferenciadas e os demais jogadores se portavam de forma mais produtiva. O Timão ganhava mais com ele em campo.



Espero e acredito que Ronaldo terá um futuro brilhante nesta segunda fase de carreira. Entrou para história como atleta e saberá conduzir sua vida sem bola.
Só temos a agradecer a escolha dele por vestir o manto e ter trazido tantas alegrias!!!

@bieltorres
Corinthians minha vida...

sábado, 12 de fevereiro de 2011

Roberto, До свидания

Boa tarde Corinthianos!

Percebem a diferença na saída de Roberto Carlos e Elias? Vejam como é a conduta e humildade de uma pessoa que, sinceramente, diz que ama representar um time como o Corinthians.

Não muito diferente dos demais times em que passou, deixou boas e más lembranças e uma sensação que faltou algo, talvez compromisso, fidelidade ou simplesmente responsabilidade. Quando foi decidido que ele vestiria nosso manto, não havia um projeto? Era apenas libertadores? O camisa 6 foi para o Corinthians pra quê? Não jurou amor e dizia que iria se aposentar conosco? São muitas perguntas que ficarão sem resposta – de qualquer maneira foi bom sair logo, já que, tenho certeza, ele influenciava negativamente os demais atletas jovens.

Talvez tenha sido verdade a questão das ameaças. Talvez tenha sido desproporcional o propósito declarado de ficar no Corinthians até aposentar-se, mas no que acredito mesmo é na falta de identificação dele com os torcedores e o clube – faltou isso e qualquer problema um pouco maior o faria sair.


Seguem os números de Roberto com o manto:

Jogos: 64
Gols: 5
Assistências: 10
Eficiência média por partida: 23%
Aproveitamento de pontos do Corinthians com ele em campo: 59,9%
Vitórias: 34
Empates: 13
Derrotas: 11

@bieltorres

quinta-feira, 10 de fevereiro de 2011

Corinthians e Ituano em números


O Placar foi elástico, mas os números não refletiram exatamente isso. O Corinthians finalmente apresentou-se bem, tendo boas participações individuais e coletivas. O destaque individual foi o Liedson – ausência suprida de Ronaldo(em forma), fez dois gols com faro de atacante e simplesmente mostrou como se faz aos demais que estavam devendo. Bastaram 45 minutos e o novo nove virou artilheiro do Timão, fazendo mais que Ronaldo em 5 partidas.

Destaques coletivos:


Destaques Individuais:

Participação:
Marcelo Oliveira - 15% dos passes do Corinthians no jogo foram gerados pelo lateral. Foram 34 passes dos 238 da partida.

Passes certos:
Morais – Mais uma partida em que não houve passe errado e ainda por cima mostrou-se decisivo ao dar assistência para o gol de Liedson. 100% de passes certos.
Ralf – Nosso vibrante marcador teve excelente aproveitamento de passes – 95% de passes certos.
Jucilei – Mais uma vez o volante se destaca nos passes – 95% certos.
Ramizez – Fez boa partida, destacando-se para o posicionamento ao marcar o primeiro gol da partida. 94% de aproveitamento dos passes também é excelente, ficando entre os melhores.


Faltas Cometidas:
Jucilei e Ralf: 5 para cada. Os Corinthianos mais faltosos

Faltas Recebidas:
Jorge Henrique e Liedson: 4 para cada. Os que mais apanharam

Desarmes e Roubadas de Bola:
Ralf: O volante desarmou ou roubou a bola do adversário em 7 oportunidades. Mas que a dupla de zaga somada. Excelente performance.

@bieltorres



quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011

Mais Detalhes do Clássico

O jogo condicionou o time a manter o jogador Chicão como o maestro dos passes, foi o jogador mais acionado com 26 passes, Alessandro e Jucilei foram os que seguiram ele, com 23 e 22, respectivamente. Os meio-campistas Danilo e Ramirez foram menos acionados, porém tiveram grande aproveitamento, já que não erraram nenhum passe. Fábio Santos foi terrível, praticamente rebatizado de Av. Fábio Santos, mas acertou sua minguada cota de cinco passes. Veja tabela abaixo:



O Corinthians teve menos finalizações (8 contra 17) – algo diferencial é a ausência de dois chutadores natos – Roberto Carlos e Bruno César, o primeiro por lesão e o segundo por implicância de Tite. Deve ser extremamente frustrante ser reserva de Danilo, principalmente quando não há chance nem ao menos de entrar no segundo tempo. Quando tratamos de finalizações corretas, o Corinthians teve 2(duas), enquanto o Palmeiras nos assustou por 13(treze) vezes.
A surpresa dos números foi no quesito finalização. Jucilei foi o campeão, foram 3 das 8 do time, destas 2 foram fora do gol. Muita vontade de marcar em seu centésimo jogo. A ineficácia do penúltimo passe tem prejudicado demais o desempenho efetivo de gols – considerando que apenas dois chutes foram ao gol é lastimável. Bom que vencemos, mas não se pode pensar que a crise foi embora, o Campeonato Paulista é duro e se tornou obrigação.

@bieltorres


terça-feira, 8 de fevereiro de 2011

Jucilei - Parabéns pelos seus 100 jogos!

Neste último clássico contra a Porchahahada o volante Jucilei fez 100 jogos com o Manto Sagrado. Pouco se credenciou deste atleta de apenas 21 anos. Passou por desconfiança e supera todas as expectativas. Atletas de ponta tem apresentações individuais, Jucilei se contentou com uma apresentação mixuruca e dividida com o atacante Henrique, lembram dele?



Jucilei tem 100 jogos completos de raça e vontade, digno de camisa 8. Foram apenas 6 gols, mas inúmeros desarmes e arrancadas de contra ataque que geraram outros gols e vitórias. Formou uma dupla inesquecível de volantes com Elias e creio que demoraremos de encontrar outra peça que encaixe tão bem. É hoje um dos poucos unânimes titulares do Timão e com toda a certeza terá uma bela carreira pela frente.


No elenco atual, apenas 4 jogadores tem mais partidas que Jucilei. Dentinho(173), Chicão (153), Alessandro 
(131) e Jorge Henrique (110).




@bieltorres

domingo, 6 de fevereiro de 2011

Palmeiras 0 x 1 Corinthians em números

A partida foi difícil, inclusive quando avaliamos os números. Tínhamos algo diferencial, maior que qualquer estatística, goleiro que veste a camisa um, mas poderia estar hoje com a dez. Salvou o Timão em chutes dificílimos com gols prováveis. O Meia-Atacante Morais jogou pouco tempo, mas foi preciso. Numericamente perfeito! Alessandro Guerreiro foi determinante, nos faz lembrar os protestos do ano passado em que foi injustiçado ortograficamente com um suntuoso inerce(sic). Este jogador vive provando raça e qualidade sem a vaidade que muitos dos demais exigem.

Para variar, tivemos mais posse de bola (52% contra 48%) e melhor aproveitamento de passes certos (77% contra 71%), apesar disso não conseguimos converter isso em chances de gol, poucas chances foram criadas, falta um passe mais preciso e uma qualidade maior de finalização, isso ocorreu apenas aos 37 minutos do segundo tempo. O Corinthians teve menos finalizações (7 contra 20) – algo diferencial é a ausência de dois chutadores natos – Roberto Carlos e Bruno César, o primeiro por lesão e o segundo por implicância de Tite. Deve ser extremamente frustrante ser reserva de Danilo, principalmente quando não há chance nem ao menos de entrar no segundo tempo. Chegamos ao gol com apenas duas finalizações ao gol, enquanto outras cinco foram para fora.

 Aproveitamento de pontos por jogador

Eficiência Média por jogo


FICHA TÉCNICA 
PALMEIRAS 0 X 1 CORINTHIANS

Local: Estádio do Pacaembu, em São Paulo (SP) 
Data: 6 de fevereiro de 2011, domingo
Horário: 17 horas (de Brasília) 
Árbitro: Antonio Rogério Batista do Prado
Assistentes: Rafael Ferreira da Silva e Maiza Teles Paiva
Assistentes adicionais: Luiz Flavio de Oliveira e Marcelo Aparecido Ribeiro de Souza
Cartões amarelos: Tinga, Patrik (Palmeiras). Leandro Castán, Alessandro (Corinthians) 
Público: 23.714 pagantes
Renda: R$ 678.111,00
GOL: CORINTHIANS: Alessandro, aos 37 minutos do segundo tempo (Assistência de Morais)
PALMEIRAS: Marcos; Cicinho, Maurício Ramos, Thiago Heleno e Rivaldo (Max Santos); Marcos Assunção, Márcio Araújo, Tinga (Adriano) e Luan; Kleber e Dinei (Patrik)
Técnico: Luiz Felipe Scolari

CORINTHIANS: Julio Cesar; Alessandro, Chicão, Leandro Castán e Fábio Santos (Marcelo Oliveira); Ralf, Jucilei, Danilo e Cachito Ramírez (Morais); Jorge Henrique e Edno (Willian)
Técnico: Tite


@bieltorres

Wiiliam Morais

Jogador promissor do Corinthians morre nesta madrugada em assalto após sair de uma Boate de Belo Horinzonte. Ele tinha apenas 19 anos e estava emprestado ao América/MG desde o inicio deste ano. Teve destaque positivo em suas partidas de 2010 pelo Corinthians e foi negociado por empréstimo para amadurecer mais o seu futebol. Sua última partida foi, coincidentemente, contra o nosso próximo adversário - Palmeiras.

Segue resumo da carreira de William como Profissional do Corinthians:

Nome: William Francis de Oliveira Morais
Número de partidas: 10
Estréia: Corinthians 3 x 1 Guarani (25/07)
Gols: 3 (2- Comercial/MS e 1-Atlético/GO)
Assistências: 1 (Comercial/MS)
Vitórias: 6 (Guarani, Comercial/MS, Atlético/MG, Vitória/BA, Grêmio Prudente e Palmeiras)
Empates: 1 (Ceará)
Derrotas 3 (Cruzeiro, Atlético/GO e Vasco da Gama)
Cartão Amarelo: 1 (Vitória/BA)
Aproveitamento de Pontos:  63,3%
Eficiência: 40%



@bieltorres

Fonte: Lancenet

sexta-feira, 4 de fevereiro de 2011

Carta aberta ao Bruno César

Caro Bruno César, tenha paciência. Logo logo você deverá voltar ao time. Sabemos de longa data que tem certas preferências por posições do campo e seu chefe não gosta muito dessas limitações, mas logo logo você será titular novamente. Tite não dura muito...

O Mercado de camisas 10 está escasso e de treinadores cegos está crescendo demasiadamente. Não se pode imaginar em que Danilo e Edno são melhores que você! Os dois jogando se prejudicam sozinhos, às vezes nem de bola precisam pra se ridicularizarem.

Lembrando 2010, você ainda é nossa esperança de gols junto com o Dentinho e o que vem de Liedson. Não acredito em reviravoltas dos demais. Você participou de 33% dos gols deste ano, tendo eficiência de 40%, superior que os demais do ataque. Ano passado você fechou o ano com 70% de eficiência e foi visivelmente prejudicado por Adilson e Tite.

Pois bem, nossos treinadores estão prejudicando seu desempenho, mas é necessário que mostre que não é apenas mais uma promessa não cumprida. Revolte-se, mostre em campo o que pode fazer. A torcida está do seu lado porque você é dos poucos que pode alavancar nossa esperança e evitar mais um ano sem títulos.

@bieltorres

quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011

A volta dos que não foram...

Lamentar não é meu forte. O momento é de mudança de comportamento. Perder desse jeito é vergonhoso - isso entrou pra história. Quando é pra ganhar, empata! Quando é pra empatar, perde!

1) O Time parecia jogar um jogo de cumprimento de tabela. Não houve vontade de ganhar, parecíamos bobos na Colômbia. Foi sem dúvida uma das piores derrotas que vi.

2) Ronaldo já fez diferença há dois anos, neste momento é apenas folclore. Pode se aposentar agora. Não adianta forçar mais seu pânceps.

3) Tite não tem mais clima! Bruno César ainda é o único jogador decisivo. Não dava pra preferir Danilo, o que é isso???

4) Pior elenco do Corinthians dos últimos desde 2007. Precisamos de reforços!


DEPORTES TOLIMA 2X0 CORINTHIANS
Antony Silva; Vallejo, Julian Hurtado, Arrechea e Noguera; Chará, Bolívar, Murillo (Piedrahita) e John Hurtado; Castillo (Santoya) e Medina (Closa).Julio Cesar; Alessandro, Chicão, Leandro Castán e Fábio Santos (Edno); Ralf, Jucilei, Paulinho (Ramírez) e Jorge Henrique; Dentinho (Danilo) e Ronaldo.
Técnico: Hernán Torres.Técnico: Tite.
Gols: Santoya, aos 20, Medina, aos 32 minutos do segundo tempo.
Cartões amarelos: Jorge Henrique, Leandro Castán, Jucilei (COR); Murillo, Chará (TOL). Cartão vermelho: Ramírez (COR).
Local: Manuel Murillo Toro, em Ibagué (COL). Data: 02/02/2011.Árbitro:  Roberto Silvera (URU). Auxiliares: Mauricio Espinosa (URU) e Carlos Changala (URU).

@bieltorres

Alguns Números do Timão em 2011

Campanha 2011

Assistências 


Aproveitamento de pontos do Corinthians com este jogador em campo

Artilheiros

Eficiência por jogo