sexta-feira, 31 de dezembro de 2010

Prêmio Já vai tarde!


Mais um vencedor do prêmio Corinthiano “Já vai tarde”. Vejamos os outros vencedores da década:

·         2001 – Dario Pereyra (Técnico) – 5 jogos
·         2002 – Santiago Silva (Atacante) – 1 Jogo
·         2003 – Doni (Goleiro) – 59 jogos
·         2004 – Valdson (Zagueiro) – 41 jogos
·         2005 – Fininho (Lateral) – 8 jogos
·         2006 – Coelho (lateral) – 58 jogos
·         2007 – Betão (Zagueiro) -143 jogos
·         2008 – Coelho (lateral) – 58 jogos (Bi-Campeão)
·         2009 – Lulinha (Meia-Atacante) – 48 jogos
·         2010 – Souza (Atacante) – 72 jogos

PS: Espero que Souza não volte, fatalmente será bi-campeão!


Feliz ano novo!!!


@bieltorres

domingo, 19 de dezembro de 2010

2010 "Pagou" pra ver

Time caro, ingresso caro e terminou-se o ano sem nenhum título. O resumo do ano não deveria ser esse. O time teve o segundo melhor aproveitamento de pontos da década( poderíamos até considerar o primeiro, já que em 2008 jogamos a série B em 55% dos jogos do ano), portanto não houve negligencia, houve sim uma grande ineficiência técnica em transformar vitórias em títulos.

O que houve foi um time que conquistou excelentes resultados, porém colocou tudo a perder em apenas um mês, outubro. Este mês foi trágico, irreconhecível. Adilson fez o time desandar e os reservas acompanharam o maestro.

O investimento foi alto, se comparássemos os resultados pontuais do ano com o de uma empresa, poderia dizer o ano foi excelente, porém não conseguimos a liderança de mercado. Como se trata de futebol: Fomos os fracassados, o planejamento não deu certo. Mas não é bem assim...

Os últimos três anos do Corinthians foram de aquisição de respeito aos adversários. Passamos maus bocados em quase todos os anos desta década, sendo 2002 e 2005 momentos pontuais. Os jogos que perdemos nas temporadas 2008, 2009 e 2010 somados são 45, média de derrotas que tínhamos a cada dois anos somados, ou seja, perdemos 31% a menos que nos outros sete anos da década. Os últimos anos foram decisivos para recolocar o Corinthians em uma nova etapa e não apenas, como antes, que era feito um time que ganhava e os vendíamos. Qual time do Brasil conseguiu manter a base do time por três anos? Alessandro, Chicão, William, Elias e Dentinho estão efetivamente no time titular desde 2007.

  



Creio que estamos maturados e podemos dar um longo passo em 2011, principalmente se não for apenas discutido o motivo das derrotas e sim, os exemplos de vitórias. O Reforço do elenco será fundamental para o próximo ano, se acertamos neste primeiro momento e Tite fizer um bom trabalho ninguém segurará o timão. 

@bieltorres

quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

Imperador, você sabe?

Sabe Matemática? Corinthians > Flamengo > Adriano > Palmeiras;

Sabe Contabilidade? Se Quiser ganhar dinheiro fique na Itália, se quiser jogar bola venha pro Corinthians;

Sabe Filosofia? Jogue bem, logo existirá.

Sabe Física? Dois corpos não ocupam o mesmo lugar na grande área! Se esforce para ser titular e não reserva de luxo.

Sabe Química? O Corinthians é o nosso Oxigênio, portanto nada de mal que é feito ou falado passará em branco!

Sabe Geografia? São Paulo não tem praia, lembra?

Sabe Religião? O Corinthians é uma!

Sabe Educação Física? Pois, é. Pratique.

Sabe História? O Corinthians é o livro perfeito para qualquer jogador. No Corinthians você marca sua trajetória definitivamente, maior que qualquer outro clube.

Sabe palavrão? Vai escutar um bocado se não jogar bem!

@bieltorres

domingo, 12 de dezembro de 2010

Números da temporada 2010

Como todos sabem, adoro estatísticas e números. Um dos meus maiores prazeres é relacionar isso ao Corinthians. Vou tentar resumir algumas informações neste post.

Campanhas: 


Maiores Goleadas:
§  6 x 0 Comercial/MS – 7/07 – amistoso
§  5 x 1 Goias e Rio Claro – 4/09 e 7/04

Jogadores que Atuaram nesta temporada: 40

Arthilheiros 2010:
§  Bruno César: 15 gols
§  Elias: 13 gols
§  Ronaldo: 12 gols

Jogadores com mais partidas disputadas: 
§  Roberto Carlos, Elias e Jucilei: 60 jogos
§  Iarley: 57 jogos
§  William: 56 jogos

Jogadores com menos partidas disputadas:
§  Bobadilla, Danilo Fernandes e André Vinicius: 0 partida
§  Bruno Octávio e Taubaté: 1 partida (25/04 vs. Botafogo/RJ – amistoso)
§  Bill e Renato: 2 partidas

Jogadores contratados: 12
§  Bobadilla, Leandro Castán, Thiago Heleno, Roberto Carlos, Marcelo Mattos, Moacir, Paulinho, Ralf, Bruno César, Danilo, Tcheco e Iarley.

Jogadores promovidos da base: 3
§  André Vinicius, Taubaté e William Morais.

Técnicos na temporada: 4
§  Mano Menezes: Aproveitamento de 67,4% dos pontos em 43 partidas, sem ele o aproveitamento do Corinthians foi de 54,3% em 27 partidas.
§  Adílson Batista: Aproveitamento de 49% em 17 partidas;
§  Fabio Carille: 16,7% de aproveitamento em duas partidas;
§  Tite: 75% de aproveitamento em 8 partidas, invicto.

Jogadores mais jovens:
§  Dodô: 18 anos e 10 meses (06/02/92)
§  Taubaté: 19 anos e 3 meses (15/09/91)
§  André Vinicius: 19 anos e 4 meses (30/07/91)

Jogadores mais velhos:
§  Roberto Carlos: 37 anos e 8 meses (10/04/73)
§  Iarley: 36 anos e 8 meses (20/04/74)
§  Bobadilla: 34 anos e 8 meses (20/04/76)


@bieltorres

quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

Minhas Listas

Essa é a melhor parte da ausência de futebol... A maioria dos Brasileiros gosta de fofoca, se misturar fofoca e futebol então, fica perfeito!  Temos listas de dispensas, listas de retornos e lista de possíveis contratados, exceto a de retorno, as outras ficarão pairando até meados de fevereiro. Alguns dos dispensados ainda vão jogar uns três jogos para se ter certeza da dispensa / negociação, portanto, neste momento tudo não passa de especulação. Como não poderia deixar de dar o meu pitaco. Seguem minhas três listas:
Lista de Dispensas
·         Aldo Bobadilla – Não Teve Oportunidade e até onde sei não tem interesse em permanecer. Estamos bem servidos com J.César e não há problemas na reserva de Rafael;
·         Souza – Démodé de lista de dispensas. Não há qualquer motivo que o faça permanecer no elenco. Jogadores que provaram mais eficiência já foram negociados outras vezes. Deixe-o seguir seu caminho e encerrar a carreira em outro clube;
·         Leandro Castán – Inseguro e de pouca perspectiva de melhora;
·         Thiago Heleno – Só imagino que alguma m.... ele vai fazer se continuar no Corinthians. Foram 5 jogos e vi ele jogar mais ou menos apenas uma vez;
·         Edu Gaspar – Futebol é momento e Edu já teve o seu. Tem um toque de bola diferenciado, tem qualidade, mas ficar no Corinthians sendo reserva é forçar a bola demais. Não consegue se projetar ao time titular e com a saída de Elias vai forçar mais ainda a barra;
·         Moacir – Não encaixou no clube, mostrou-se muito promissor ao vir do Sport, mas infelizmente a camisa pesou.
Lista de Retornos
·         Edno – Apesar de não ter mostrado o melhor no Botafogo deve ter uma nova oportunidade. Talvez entre no meio campo melhor que Danilo e faça um diferencial em algumas partidas. Reserva de luxo.
·         Morais – Mostrou um futebol suficiente para se destacar na Bahia e virar ídolo, mas isso não significa tanto assim. Tem muita qualidade e merece nova oportunidade.
·         Marcelo Oliveira – Não deveria ter saído. No improviso teria rendido bem mais que o Leandro Castán na lateral esquerda, como volante teria rendido bem mais que o Edu ou o Marcelo Mattos no inicio da temporada.
·         Diego Sacoman – Ainda acredito que possa realizar uma boa temporada. Ele é prata da casa e pode ser um bom reserva.
Lista de Reforços
·         Adriano – O Imperador (Roma-ITA) – Tem lugar no time – não com Ronaldo. Ou um ou outro. Significa que o Ronaldo vai se estimular mais e terá a vaga de titular ou que Adriano vai fechar a tampa da “Ronaldo-Dependência” e iniciar outra era;
·         Diego Souza (AtléticoMG) – Pode ajustar o meio campo com sua habilidade e tem perfil Corinthiano.
·         Zé Roberto (Hamburgo-ALE) – Não é de hoje que quer ir jogar no Corinthians. Neste meio de temporada europeu podemos ter a oportunidade.
·         Leandro Euzébio (Fluminense) – Tem qualidade, força e bom domínio de bola. É bom cabeceador e tem forte marcação.
·         Antonio Carlos (Botafogo)Foi um dos melhores zagueiros deste campeonato Brasileiro.
·         “El Loco” Abreu (Botafogo) – Não vindo Adriano, podemos tentar o Abreu. Me lembra um pouco o Acosta, mas provou em time grande que pode ser o diferencial.
·         Marcos Senna (Villareal-ESP) – Bom volante que tem caracteristicas agregadoras e que poderá substituir uma possível saída de Jucilei.
·         Cristian (Fenerbahçe-TUR) – Excelente volante e fabricante de bons gols contra o São Paulo.

domingo, 5 de dezembro de 2010

Fim de ano e reflexões...

Continuo orgulhoso de ser Corinthianos. Isso nunca vai mudar, foi difícil e será assim para sempre. O Corinthians teve um ano sem títulos porque não conseguiu ser competente nos jogos fora de casa. Enquanto teve uma excepcional campanha no Pacaembu (81,4%), teve um aproveitamento pífio de 44% nos jogos de fora. O que diferia os jogos de fora e os jogos em casa? O time era quase o mesmo, com pequena diferença: Ausência de um bom centroavante, na maioria de suas partidas Ronaldo esteve apenas no Pacaembu, dificilmente viajava e os demais jogadores não tinham o mesmo desempenho sem ele.
É fundamental que saiamos dessa neurose de “Ronaldo-dependencia”. O Corinthians precisará contratar um outro centroavante que corresponda as expectativas e não “novas-velhas” apostas como Iarley e Souza. Adriano talvez seja o nome, mas não tenho completa segurança disso. Talvez o retorno de Herrera ou a contratação de “El Loco” Abreu sejam melhores, o que precisamos é de mais presenças de Ronaldo e um bom reserva. O retorno de Otacílio Neto me agradará mais que a renovação de Souza.
Tenho convicção que o principal motivo que não nos fez campeões Brasileiros este ano foi o mal elaborado sorteio de jogos da CBF. Espero que neste próximo ano tenham disputas de clássicos regionais nas últimas rodadas, desta maneira, os grandes interessados em manchar a competição não entregarão jogos para adversários tradicionais e possivelmente haverá confrontos ainda mais emocionantes nas últimas partidas.
Desejo sorte para William e Elias em suas novas etapas. Os dois marcaram seus nomes no manto e espero que levem essas lembranças para sempre e que Elias retorne em breve.

@bieltorres

Dia 05 é dia de Penta!

Hoje é um dia especial. Dia de ser pentacampeão Brasileiro. Dia 5 (penta) e dezembro(Mês 12 - Nós somos o 12ª Jogador em campo). Não tem pra ninguém! É dia de Penta!!!

Tantas motivações a ainda ganhamos mais uma, a de encerrar a carreira do capitão com horas de campeão.

Fé no Guaraní e  também no Fluminense tremendo. Não quero vitória do Guaraní - só um empate basta!

Vamos lá Corinthians!

O Timão começa o jogo com: Julio Cesar, Alessandro, Chicão, William e Roberto Carlos; Ralf, Elias, Jucilei e Bruno César; Dentinho e Ronaldo.

@bieltorres

quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

Top 10

TOP 10 antes da última rodada do Brasileirão:

Partidas Disputadas: Será o 60º jogo de três atletas, o mais impressionantes deles é o R.Carlos. Sem chinelinho nenhum participará de 85% dos jogos. O detalhe importante é que nas partidas em que R.Carlos não esteve presente os resultados do Corinthians foram estes: 1V / 4E / 4D: 26%.



Aproveitamento de pontos do Corinthians quando o jogador relacionado está em campo: Dentinho, Ronaldo, R.Carlos, Chicão e Jorge Henrique em campo representam quase o sinônimo de vitória. 



Assistências: Após o jogo contra o Vasco foi adicionada mais uma assistência ao lateral R.Carlos.



Eficiência/Jogo: Sem muitas mudanças...Bruno César continua sendo o cara.



 Artilheiros da temporada: Bruno César ainda é o artilheiro.




 Twitter: @bieltorres

segunda-feira, 29 de novembro de 2010

Acreditar é muito pouco. Eu sei!

Vencer sem emoção não é do nosso cotidiano. Podemos vencer com toda a emoção e trazer a tona tudo aquilo que nos fez ficar mais unidos, o rebaixamento. Em todos os nossos últimos momentos importantes, sempre tivemos os Goianos nos "seguindo", seja no rebaixamento ou na Copa do Brasil, quando tivemos uma vitória regada às uvas.

Temos vários motivos para acreditar em nossa vitória:

Força Máxima: A retrospectiva do Corinthians com Ronaldo em campo é excelente, são 70,5% de pontos ganhos, quando vemos os mesmo resultados com Dentinho o número é um pouco maior, 71%, ou seja, quando os dois jogam, não tem derrota.

O Guaraní: O time campinense venceu apenas oito jogos no Brasileirão, adivinha de quem ele ganhou??? Sim, do Fluminense! Se venceu um porque não poderia tirar um empatezinho? Aliás, ele venceu todos os times cariocas.

Mala Branca: Ela existe e virá com tudo. Vai ter bugrino comprando carro novo. Tudo indica que será mala branca dobrada, já que o Cruzeiro também se interessa com o tropeço do Flu. Só não vale o Cruzeiro deixar pro Corinthians e o Corinthians pro Cruzeiro, se não o Guaraní fica sem nada.

Goias: O Time goiano só quer saber da Copa Sul-Americana. Quando eles estavam interessados no Brasileiro perderam de 5 x 1. Imagina agora?

@bieltorres

domingo, 28 de novembro de 2010

Falta pouco...

Hoje de tudo aconteceu. Gritei gol do Palmeiras, Danilo jogou bola e o palmeiras entregou o jogo. Foi ridículo ver os zagueiros fazendo dois toques lá atrás, mas ridículo mesmo foi ver aquela porcalhada toda xingando o Deola para cada defesa feita. O time iniciou bem, mas quando retornou do intervalo estava decidida a não jogar. Como sabíamos: A vergonha do esporte nacional é verde.

O Timão fez sua parte. Ganhou jogando bem, com segurança e determinação. Até o Danilo deu o “ar da graça”. Esperamos mais uma semana para vencer em Goias e torcer pro Bugre atrapalhar o Fluminense. Depender de outro clube para sermos campeões é uma vergonha, principalmente quando lembramos os valiosos pontos perdidos com clubes de baixo nível. Estamos pagando o preço...

Acredito porque ainda dá. 

FICHA TÉCNICA 
CORINTHIANS 2 X 0 VASCO

Local: Estádio do Pacaembu, em São Paulo
Data: 28 de junho de 2010 (Domingo) 
Horário: 17h(de Brasília) 
Árbitro: Márcio Chagas da Silva (RS) 
Assistentes: Carlos Berkenbrock (Fifa-SC) e Marcelo Bertanha Barison (RS) 
Renda: R$ 1.190.821,50 Público: 33.487 pagantes 
Cartões amarelos: Renato Augusto e Zé Roberto (Vasco) 
Cartões vermelhos: Zé Roberto (Vasco) 
Gols: CORINTHIANS: Bruno César aos 39 minutos do 1º Tempo e Danilo aos 13 minutos do 2º Tempo (Assistência de R.Carlos)

CORINTHIANS: Julio Cesar, Alessandro, Chicão, William e Roberto Carlos; Ralf, Jucilei, Danilo e Bruno César (Defederico); Dentinho (Iarley) e Jorge Henrique Técnico: Tite 

VASCO: Fernando Prass, Fagner (Irrazábal), Dedé, Douglas e Ramon (Diogo); Rômulo, Renato Augusto, Allan (Fumagalli) e Carlos Alberto; Éder Luís e Zé Roberto Técnico: PC Gusmão

@bieltorres

Torcer amargamente para o improvável

Inusitadamente tenho que descrever o que sinto. Não sei até onde chegará, mas será muito estranho torcer por um gol contra do Fluminense. Sim, porque me parece bastante óbvio que nenhum jogador esverdeado chutará a bola em direção ao gol.
Precisamos manter o foco e vencer bem o Vasco. Se isso não ocorrer estaremos perdidos. O Corinthians não terá o fenômeno, nem o Elias. EM substituição aos dois entrará o Jorge Henrique e Danilo que segundo Tite, está em “grande fase”. Danilo marcou seu segundo gol com a camisa do Corinthians após 8 meses, seu primeiro gol foi contra o São Paulo pelo Paulista, onde vencemos por 4 a 3. Como sabem, sou supersticioso, faço associações:
1.     Nosso primeiro confronto com o Vasco neste ano foi péssimo, mas após ele tivemos uma virada de performance. Desde então não perdemos nenhum jogo, foram 4v e 3e.
2.     Após o jogo contra o São Paulo em 28/03/2010, Danilo fez seu primeiro gol e o Corinthians teve grandes momentos a seguir no Paulista e na Libertadores, foram 5 vitórias consecutivas e nosso melhor momento do ano até então. Vai Danilo!!!
Esta tarde será bem diferente. Secar o Fluminense e torcer para Corinthians e Palmeiras. Vou ter que me inspirar nessa foto...
Só assim: 

sábado, 27 de novembro de 2010

A Inveja é o pior dos sentimentos...

Como é bom ser Corinthiano. É a sensação de ser vivo, livre e guerreiro. Nem sempre somos vencedores, porém nunca perdemos sem lutar e gritar! Mais uma vez temos uma grande guerra logo à esquina. Todos da opinião pública contra nós, uma guerra invertida se dá em campo... No jogo entre Palmeiras e Fluminense teremos os vinte e dois jogadores contra o Corinthians.

Para mim é bastante claro que as pessoas não conseguem ter amor suficiente por um time que não concede tantas alegrias e acaba gerando uma inveja terrível sobre nosso manto.  Apenas um time consegue mudar os noticiários, manchetes e rumos de discurso público no Brasil. Apenas um clube de futebol mobiliza os torcedores e tão anti-torcedores como o Corinthians. Nenhum clube tem tal perfil, por isso é que nossas vitórias são mais suadas e temos torcedores tão mais fieis.

O centenário Corinthiano está sendo um ano especial para os anti-torcedores. Ano especial para torcer contra. Ano em que seremos mais uma vez campeões brasileiros e contestados injustamente, já que os erros de arbitragem são bem maiores contra nós. E por diversas vezes tão visíveis que acredito em uma doença crônica dos jornalistas esportivos que insistem em não enxergar ou pelo menos noticiar na mesma intensidade que fazem quando ocorre(ou não) o erro contrário.

Bem, precisaremos vencer o Vasco neste domingo e o Goias no próximo e torcer para que o Guaraní faça alguma diferença na próxima rodada, porque neste dia 28/11/2010 sabemos que Palmeiras será mais uma vez a vergonha do esporte nacional.

@bieltorres

sábado, 6 de novembro de 2010

TOP 10 - após 33ª Rodada

TOP 10 antes do jogo contra o São Paulo;

Partidas Disputadas: 


Aproveitamento de pontos do Corinthians quando o jogador relacionado está em campo: Como eu previa, após o retorno de Ronaldo tudo iria melhorar. Claro que não é pelo fato apenas de Ronaldo e sim de um conjunto de coisas. A principal é: O Corinthians em um time titular muito bom, mas não há reservas com a mesma eficiência.


Assistências: Após o 4 x 0 diente do Avaí, R.Carlos acrescentou mais uma assistência à Ronaldo, além de Alessandro e Dentinho(sofreu o penal).


Eficiência/Jogo: Os Gols colocaram Ronaldo mais próximo de Bruno César e Dentinho chega à 40% de eficiência, ou seja, a cada 10 jogos, em 4 ele faz um gol ou dá uma assistência.


 Artilheiros da temporada: Bruno César ainda é o artilheiro e Ronaldo pulou de 6º para 3º após os dois gols de quarta;



 Twitter: @bieltorres


quinta-feira, 4 de novembro de 2010

Corinthians 4 x 0 Avaí - Um jogo de Campeão

Um resultado expressivo era o que todos precisavam para renovar a confiança, tanto no time titular, quanto para Ronaldo. A vitória de 4 gols ontem mostrou como é que um campeão tem que objetivar suas jogadas e se prevalecer em sua casa.
Elias e Bruno César foram muito bem e mais uma vez afirmo, nossas dificuldades estão no elenco, não no time titular. Bastou o retorno dos titulares acrescentando a vontade de jogar de Ronaldo que o time está envolvendo o adversário de maneira diferente de qualquer outra fase recente neste ano.
O retorno de Dentinho é um alívio, e a esperança no retorno de Jorge Henrique é uma vitória antecipada. O clima no Corinthians não é mais aquele pós Libertadores que trouxe náuseas aos que pipocavam os músculos, toda doença era pouca. O momento agora é "ser campeão", sem lamentos, apenas explicações e renovações de amor á torcida.
Para concluir gostaria de elogias mais uma vez o Alessandro. Dá pra se contar nos dedos quantos laterais direitos conseguem ficar tanto tempo como titulares em um clube grande. Alessandro faz mais quee precisaria, faz jogadas bonitas também! Quando isso acontece em um jogo assim, é porque seremos com certeza campeões este ano.

Na próxima rodada o Fluminense e o Cruzeiro terão jogos complicados, nós teremos o freguês que nos ajudou e nos ajudará ainda contra o Fluminense...Diferente do que fizemos ano passado.


Local:  Estádio Paulo Machado de Carvalho (Pacaembu)
Data: 3 de novembro de 2010, quarta-feira
Horário: 21h50 (de Brasília)
Árbitro: Francisco Carlos Nascimento (AL)
Assistentes: Pedro Jorge Santos de Araújo e Carlos Jorge Titara da Rocha (ambos de AL)
Cartões Amarelos: Émerson, Patric, Rudnei, Vandinho, Dinélson e Robinho (Avaí)
Cartões Vermelhos: Robinho e Émerson(Avaí)
Gols: Corinthians: Bruno César, aos 20 minutos do primeiro tempo; Elias(assistência de Alessandro), aos 20 minutos do segundo tempo, e Ronaldo(Assistência de R.Carlos e Dentinho), aos 38 e 45 minutos
CORINTHIANS: Júlio César; Alessandro, Chicão, William e Roberto Carlos; Paulinho, Jucilei, Elias (Edu) e Bruno César (Danilo); Iarley (Dentinho) e Ronaldo
Técnico: Tite
AVAÍ: Zé Carlos; Émerson Nunes, Émerson e Bruno; Patric (Daniel Thiago), Rudnei, Diogo Orlando, Caio (Jéferson) e Pará; Vandinho (Dinélson) e Robinho
Técnico: Vagner Benazzi

quarta-feira, 27 de outubro de 2010

Pré Jogo: Último Confronto Tite (Corinthians) x Flamengo

Em minhas pesquisas ri um bocado com uma lembrança que tive. O Corinthians em 2004 só tinha um jogador "bonzinho". Fábio Baiano, os demais jogavam fio demais. A time que enfrentou o Flamengo no Maracanã em 24/09/2004 foi tão tosco que é difícil de escalar. Tinha Fábio Costa, Betão, Valdson, Anderson, Fininho. Edson, Filipe Alvim, Fabinho, Fábio Baiano (isso era a zaga e o meio campo) Não sei nem como escalar, pela quantidade de meia-laterias que estavam jogando... No ataque tinha Alberto e Gil.

Moral de história: Conseguimos um mísero empate em 2004 e um quinto lugar com o time péssimo, só se salvava o Fabinho, Gil e o Fábio Baiano. O time de hoje é infinitamente melhor. Se Tite tirou leite de pedra em 2004, por que não poderia ser campeão com os pés nas costas em 2010?

Corinthians 1 x 0 Palmeiras

A estrela de Tite prevaleceu. Fincamos a vitória e fomos os únicos a vencer, entre os que estavam na liderança. A vitória nos trouxe a esperança e a sensação que o título está quase lá. basta continuarmos com a filosofia de goleada de Tite (1x0). Poderíamos abrir uma exceção quando jogarmos com o São Paulo. Aplciar uma sonora goleada....

A única estrela brilhante não foi a de Tite. O time jogou quase completo, zaga titular, meio campo titular e apenas a ausência de um ataque mais composto, já que Ronaldo estava acompanhado de Iarley. O garçom do ano, mais uma vez deu a assistência e o artilheiro do ano mais ma vez decidiu. A vitória foi construída por vários fatores, a estabilidade do time, a segurança da zaga e Tite que trouxe novas frases e contextos para essa equipe que é vencedora.

Nossas chances aumentaram para 21%, mas sinceramente são bem maiores que estas. O Fluminense está em queda técnica e fisicamente. O Cruzeiro... Vai perder no Pacaembu... com certeza!



FICHA TÉCNICA
CORINTHIANS 1 x 0 PALMEIRAS
Local: Estádio do Pacaembu, em São Paulo (SP)
Data: 24 de outubro de 2010, domingo
Horário: 16 horas (de Brasília)
Renda: R$ 1.085.683,50
Público: 35.035 espectadores
Árbitro: Heber Roberto Lopes (Fifa-PR)
Assistentes: Carlos Berkenbrock (Fifa-RS) e Gilson Bento Coutinho (PR)
Cartões amarelos: William e Elias (Corinthians); Marcos Assunção (Palmeiras)
Gols:
CORINTHIANS: Bruno César, aos 22 minutos do primeiro tempo. (Assistência de R.Carlos)
CORINTHIANS: Julio Cesar; Alessandro, Chicão, William e Roberto Carlos; Ralf, Jucilei, Elias e Bruno César (Danilo); Iarley (William Morais) e Ronaldo
Técnico: Tite
PALMEIRAS: Deola; Luís Felipe (Patrik), Danilo, Fabrício e Rivaldo; Edinho, Marcos Assunção, Tinga e Lincoln (Valdívia depois Dinei); Luan e Kleber
Técnico: Luiz Felipe Scolari.

sábado, 23 de outubro de 2010

A hora da Consagração

Grandes jogadores se revelam nos momentos decisivos, não é? Além de Ronaldo e Roberto Carlos, quem mais tem seu nome consagrado nos anais da história do futebol? A hora da consagração é agora. O momento de Bruno César ser lembrado como Neto, Iarley como Tupanzinho e J.César como a Dida é esse. Os jogadores desde elenco precisam ter o brio dos mesmo jogares campeões que passaram anteriormente. Não temos tempo de amarelar. Não dá mais pra perder gol ou dormir na zaga.

Vai pra cima Timão!!!

quarta-feira, 20 de outubro de 2010

Desempenho por Competição


Fotografias dos nossos resultados antes de Tite. Aguardamos que haja melhora.


Desempenho com Competição

Desempenho com Competição - Média de gols pró/contra e aproveitamento de pontos

Média de gols pró e contra por mês


Aproveitamento de Pontos/Mês


@bieltorres

terça-feira, 19 de outubro de 2010

TOP 10 - após 30ª Rodada

Nação!!!

A rodada foi boa pro Corinthians, apesar do empate, nem o Fluminense, tampouco o Cruzeiro dispararam. Ainda por cima diminuímos um ponto para o líder. Se não tivessemos sido prejudicados estaríamos bem mais próximos da raposa. 

Eficiência/Jogo: Sem gols ou assistências, o resultados só pioram. Ninguém pontua e as notas baixam.


Partidas Disputadas: Elias descola de Jucilei que esteve ausente contra o Guarani. O destaque ainda continua para R.Carlos que tem 52 jogos, 37 anos e 2º com mais partidas.


Artilheiros da temporada: Após o deprimido 0 x 0 de domingo esta tabela segue intacta. 

Assistências: Após o deprimido 0 x 0 de domingo esta tabela também segue intacta. 



Aproveitamento de pontos do Corinthians quando o jogador relacionado está em campo: A tendência é que voltemos a vencer com o retorno de Ronaldo, espero que não seja verdade que será poupado contra o Flamengo. Não dá pra engolir isso.


Twitter: @bieltorres

domingo, 17 de outubro de 2010

Guarani 0 x 0(Quase 2) Corinthians

A história do jogo é inusitada. Nos primeiros vinte minutos o Corinthians foi muito bem. Em primeiro lugar porque surpreendeu todos com uma formação 352 que se transformou em 262 com Leandro Castán na ala esquerda e R.Carlos no meio.
Fizemos dois gols nos primeiros quinze minutos em foram anulados incorretamente, se fosse o Chorolado Internacional estaria anunciando aos quatro cantos que tem síndrome de time pequeno. Tivemos iniciativa e total domínio, mas não conseguimos convencer o juiz que impedimento não era a mão do lateral Campinense levantada. Bom foi o esporro que Ronaldo deu no juiz. "É dificil fazer dois gols e você anula, pô". Pelo menos eu acho que foi assim.

No segundo tempo não tivemos iniciativa e o dominio no primeiro terço do tempo foi do Guarani, depois equilibramos. Danilo e Moacir jogaram com qualidade e por incrível que pareça a pressão parece que fez bem. Defederico foi o destaque negativo, não conseguiu fazer muita coisa. J.César demonstrou muita insegurança, errando muito, mas por sorte não afetou o placar. Ronaldo e Moacir perderam boas chances e ficamos no zero. De boa foi a derrota do Cruzeiro.

Ficha Técnica:
GUARANI 0 x 0 CORINTHIANS

Local:  Estádio Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas (SP)
Data: 17 de outubro de 2010, domingo
Horário: 16 horas (de Brasília)
Árbitro:  Sálvio Espinola Fagundes Filho (FIFA-SP)
Assistentes: Ednilson Corona (Fifa-SP) e Osny Antônio Silveira (SP)
Cartões Amarelos: Victor Junior e Mazola (Guarani); Moacir, Ralf e Elias (Corinthians)

GUARANI: Douglas; Rodrigo Heffner (Apodi), Fabão, Ailson e Márcio Careca; Renan, Paulo Roberto, Preto (Victor Júnior) e Barboza (Mário Lúcio); Mazola e Reinaldo.
Técnico: Vagner Mancini

CORINTHIANS: Julio Cesar; Leandro Castan, Chicão e William; Moacir, Ralf, Paulinho, Elias e Roberto Carlos (Danilo); Defederico (Iarley) e Ronaldo.
Técnico: Fábio Carille (interino)

sábado, 16 de outubro de 2010

Pré Jogo: Provável equipe titular em números

O Provável time que enfrentará o Guarani amanhã será: Júlio César; Paulinho, Chicão, William e R.Carlos; Ralf, Jucilei, Elias e Danilo; Defederico e Ronaldo. É um time bom? Depende ...

O Jogo vai ser dificil, o Guarani não é freguês e os times, geralmente, tem dificuldade em campinas. O Corinthians, por exemplo, venceu sua última no Brinco de Ouro em 2005. Vou cada um dos escalados.

Júlio César: Não faz milagre, mas também nao é de fazer besteira. O Corinthians não tem bom aproveitamento de pontos com ele em campo, entre todos os jogadores prováveis de amanhã, este é o que tem o pior aproveitamento (51%) de pontos ganhos.;

Paulinho: Incógnita na lateral direita; Não sei não. Preferia conferir o Moacir mesmo ou o Boquita que já jogou improvisado. Prefiro Paulinho no meio campo.

Chicão: É Geralmente seguro e O Corinthians ganha 66,7% e seus pontos quando ele está em campo, está acima da média e geralmente desequilibra;

William: Tem falhado, não passa a mesma segurança, mas a escalação é coerente e correta, diante dos reservas disponíveis. Também está acima da média(63%), quanto aos pontos ganhos pelo Corinthians quando está em campo. É o Terceiro com mais jogos na temporada(47);

Roberto Carlos: É um dos jogadores que mais poderá desequilibrar a partida amanhã. Dificilmente o Corinthians perde pontos com ele 100%. Ultimamente não tem desequilibrado, mas cresce nos momentos dificeis. O melhor em aproveitamento de pontos dos que estão em campo: 68%; 

Ralf: Este é um dos que a torcida mais aguardava a recuperação, infelizmente está retornando sob muita pressão. Tem um bom aproveitamento de pontos (66%);

Edu Gaspar: É o jogador mais conhecido pela torcida, mas desde o seu retorno vem devendo no futebol. Entre todos os escaldos para  inicio da partida, é o qe menos jogou, apenas 15 partidas, nenhum gols ou assistência e o Corinthians tem um indice ruim quando ele está em campo (53%). 

Elias: É outro que promete amanhã. Quando Elias joga bem é certeza de vitória no Corinthians e quando ele não joga tão bem, é geralmente o melhor Corinthiano em campo. É o que tem mais partidas disputadas e 66% dos pontos ganhos, o atleta com mais gols enre os escalados(11) e o segundo com maior eficiência(29%), ou seja, a cada três partidas, em uma delas o Elias faz um gols ou da uma assistência. OBS: No jogo passado o Elias passou em branco.

Danilo: Mais questionável impossível. Mesmo assim, de vez em quando dá o "ar da graça", faz um golzinho ou uma assistência. Vamos esperar que seja o momento dele neste jogo Difícil. Consegue, geralmente, fazer mais que o Defederico. 

Defederico: Rápido e inteligente, mas não tem tido sequência. É um dos que tem o pior apoveitamento de pontos, 53,3%, tem apenas um gol na temporada e três assistências em 25 jogos.

Ronado: Mesmo estando longe do Ronaldo de 2009 ainda é Ronaldo. Quando está em campo o Corinthians tem 70% de aproveitamento. Tem 8 gols e 5 assistências em 19 jogos, eficiência de 68%. 

Palpite: 1 x 0 pro Timão, Gol de Ronaldo.




@bieltorres

sexta-feira, 15 de outubro de 2010

Alessandro não... ainda não....

Nação!

Geralmente não sou de defender ou perseguir qualquer jogador, mas devemos colocar os pingos nos "ís". Alessandro não é e nunca foi um exemplo de técnica, mas se sobressai quanto a marcação e cobertura. Sabemos que desde o ano passado, quando o Alessandro sobe o Jucilei  é que supre sua ausência e além disso a fase está ruim pra todos. Não podemos isentar um mísero jogador nas últimas três derrotas. Todos foram ruins ou regulares.

Alessandro tem 120 jogos pelo Timão e 3 títulos como titular. As últimas falhas não são menores que os gols perdidos de Iarley ou as falhas de marcação de William e Thiago Heleno (por sinal, estranha a trégua, não?).

Talvez, o que falte no momento seja um excelente reserva para brigar pela posição, quem sabe haja mais motivação do lateral? Acho que a maior bronca da "torcida", tenha sido achar que o Alessandro fez o velho "migué" de pelada quando se falha feio e pede pra sair... Até pareceu, mas prefiro acreditar na seriedade do profissional.

@bieltorres

quinta-feira, 14 de outubro de 2010

Vamos ser otimistas!

A dificuldade de vencer o campeonato existe, mas não podemos deixar de acreditar. vamos ver as coisas na ótica positivista, ok?

1) Ronaldo volta magrinho e motivado e quem sabe pode meter muitos gols nesses últimos jogos;
2) Com o retorno de Ralf, o meio campo do Corinthinas ganha muito mais consistência, o trio Ralf, Jucilei e Elias tem uma média de resultados positivo grande. Os três jogaram 38 partidas juntos, neste ano, foram disputados 114 pontos e ganharam 77, ou seja, 68%;
3) Se fizermos uma simulação da próxima rodada com uma vitória simples do timão, um empate do Fluminense contra o Botafogo (perfeitamente possível) e uma derrota do Cruzeiro contra o Grêmio, no Olímpico(Perfeitamente possível), ficaremos apenas 2 pontos do líder e um ponto do vice. Dependendo apenas de nós, novamente, para ser campeões;
4) Convenhamos, se o Ronaldo estivesse em campo nos últimos jogos teríamos pelo menos feito uns 5 gols a mais, só perdidos pelo Iarley.

@bieltorres